Cheguei, chegando! Meio dia na cidade e já andei uns 500 km. Nonstop!!!

Primeira impressão? A melhor possível. Cidade vibrante, cheia de vida e cores. Sai dar uma voltinha logo cedo e já dei de cara com o Palácio do Governo… Estupendo!

Alias, tudo é muito bonito, conservado, limpo.

Probleminha: a operadora VIVO não funciona aqui. É outro sistema. A Claro funciona, mas deixe para comprar os créditos por aqui. Muito barato! E se você tiver TIM ou VIVO como eu, compre o da Entel. Vale muito a pena.

As meninas da agência Nosso Chile me auxiliaram com isso. Me deram o chip e me ajudaram a carrega-lo na farmácia. O idioma é impronunciável. Quase um dialeto!

Jaqueline e Gabrielle, as lindinhas da agência, também me levaram para comprar os pesos chilenos numa casa de câmbio oficial. Melhores taxas. Nunca compre na rua! Isso vale para qualquer lugar do mundo.

Ainda ganhei uma garrafa de vinho!! Mimos nível máximo!!

Por indicação delas, comi croissants perfeitos e um belo café duplo no London Cafe, na rua Agustinas. Quase em frente à agência, que fica no 1022

Meu hotel, RQ Central na Rua San Martin, 55 é ótimo. Meu early check in foi muito útil. Agradeço!

O vôo LATAM foi tudo bem. Pontual, calmo. Um Airbus da TAM meio ônibus voador, mas suportável! O que interessa é chegar.

Peguei um taxi oficial no aeroporto. Me deixou na porta do hotel a R$105,00. O valor correto!

Amanha Vinícola Undurraga! Que rufem os tambores.

Sei que ainda é cedo para isso. Mas, como sempre falo no meu bom inglês (o espanhol está sofrível):

SO FAR, SO GOOD!!!!