Quem me conhece me chama de “A mulher do Vinho”. E quem me conhece muito bem, sabe que uma boa taça me deixa extremamente feliz!

Comecei nesse mundo do vinho tímida, embora já apreciasse a bebida desde os meus primórdios. Meu pai, espanhol, sempre tinha uma garrafa de vinho por perto… e também uma cervejinha: meio espanhol, meio brasileiro!

Minhas “enoraízes” vêm rendendo frutos. Quanto mais me aprofundo no assunto, mais novidades aparecem.

Minha última grande descoberta foram os vinhos da Serra Catarinense. Chamados de Vinhos de Altitude. Vi o trabalho de Gil Karlos Ferri (mestre em História Ambiental pela UFSC/UFFS, pesquisador Environmental History e coordenador do case História & Vitivinicultura) e me interessei.

Quanta tradição e qualidade!

As cidades de São Joaquim, Campo Belo do Sul, Bom Retiro e Água Doce têm aquele charme do frio, aquela carinha européia e vinícolas fantásticas.

São Joaquim, famosa devido à neve que encanta, com seus 1360 metros de altitude garante paisagens únicas num país tropical. Associá-la a belas vinícolas e vinhos de qualidade torna o passeio quase europeu!!! Isso mesmo. Tão perto de nós!

A Vinícola Pericó tem seus vinhedos implantados no Pericó Valley, região de São Joaquim. Suas uvas de castas francesas têm sua maturação muito lenta e assistida, alcançando assim todos os açúcares que tornam seus vinhos e espumantes perfeitos.

Vinícola Pericó

Seu Savignon Blanc Pericó Vigneto (2013) tem aromas de frutas e mato e fica perfeito com um bom queijo serrano ou peixes de água fria, como as trutas na região!!!

Também na região de São Joaquim , a Vinícola Villaggio Bassetti é a única com vias asfaltas entre seus vinhedos. Sua uva Pinot Noir comprova que a Serra Catarinense é apropriada para produção de vinhos elegantes e complexos com essa casta!

Vinícola Villaggio Bassetti

O Villaggio Bassetti Ana Cristina (2015), foi eleito duas vezes como o melhor Pinot Noir do Brasil pelo Guia Adega de Vinhos Brasileiros (2017 e 2018). Sua passagem em barricas de carvalho francês leva um ano. Impossível ir à região e não apreciá-lo. Particularmente, o Pinot Noir é meu preferido!!!!

A Villa Francioni também colabora para tornar a região de São Joaquim única. É considerada uma das vinícolas mais bonitas do mundo. Parada obrigatória dos turistas que querem iniciar nesse mundo dos vinhos serranos de Santa Catarina. Serei uma candidata, com certeza!

Villa Francioni

De aroma complexo, seu Villa Francioni Dilor (2009) harmoniza com carnes vermelhas ou de caça e bem temperadas. Explosão de sabores!!!!

  A Villagio Conti, também em São Joaquim, está em obras. Seu novo receptivo será todo em material alternativo e sustentável! Fora da vinícola, seus vinhos podem ser encontrados para consumo no Wine Bar Vini di Altezza, no Passeio da Pedras em Palhoça, região de Florianópolis!  

Vinícola Villagio Conti

O Conti Tutto 2017 da Villaggio Conti é a soma de duas castas italianas: a uva Sanginovese e a bela uva Montepulciano!!!! Isso mesmo… Aqui em Santa Catarina! O nome “Conti Tutto” é por conta do vinho ser descontraído, para apreciar entre amigos, “soltar a língua! Numa animada viagem, fica perfeito!!!!

Agora vamos viajar até Bom Retiro. Cidade com altitude entre 1000 e 1100 metros. Sua população de cerca de dez mil habitantes é predominantemente de descendência alemã e italiana, como em toda região.

A Vinícola Thera, em Bom Retiro, teve inicio com Manoel Dilor de Freitas (in memoriam), visionário pioneiro dos vinhos de altitude. Seu filho João Paulo idealizou a vinícola e o nome Thera foi em homenagem à sua esposa Therezinha Borges de Freitas.O local é elegante e conta com winebar e espaço para eventos.

Vinícola Thera

Seu Thera Rosé (2016) é produzido com Syrah, Merlot e Cabernet Franc. Sua acidez equilibrada é típica dos vinhos da região serrana de Santa Catarina.

Com acesso pela BR-282, chegamos à Campo Belo do Sul. Uma pequena cidade, onde foi encontrado um sítio arqueológico. A Vinícola Abreu Garcia, em Campo Belo do Sul, oferece degustação personalizada!

Vinícola Abreu Garcia

O Abreu Garcia Chardonnay (2014) é a expressão máxima do Planalto Catarinense. Vinho premiado: Medalha de Ouro no Concours Mondial de Bruxelas (2016)!!

Agora chegamos em Água Doce. Região de montanhas, vales e planícies com temperatura média anual em torno dos 16 graus Celsius. Delícia para um vinho!

A Villagio Grando, em Água Doce, possui a maior área plantada de vinhedos no Estado. Lago, bons vinhos e um por de sol inesquecível!

Vinícola Villagio Grando

Degustar seu Villaggio Grando Innominabili (2004/2009) com suas paisagens é uma experiência única! O vinho, na boca, traz vivacidade devido o equilíbrio perfeito entre o teor alcoólico e sua acidez!

Nossa… que aula!!!

Mas a maior lição fica em sabermos que tão próxima de nós existe tanta qualidade.

Procuro e recebo muita informação. Mas, esses vinhos de Santa Catarina me encantaram… Vinhos de Altitude! Uma nova nomenclatura para mim. Já inserida em meu vocabulário e em meus projetos de viagem!

Parafraseando o influencer wine lifestyle, Gil Karlos Ferri, PARTIU SERRA!!!!!!

Gil Karlos Ferri




O mapa do tesouro