Quem idealizou o incrível projeto de revitalização do Centro Histórico de Santos deveria ser condecorado!!! Quanta justiça feita em um espaço que sempre esteve ai, desde o descobrimento do Brasil, com sua arquitetura européia vinda da herança da colonização portuguesa e sua Bolsa do Café, que durante um longo período foi o principal local de comercialização do produto no país. Hoje abriga um lindo museu que nos ensina história, arte, arquitetura e amor pelo que é nosso!

O Centro Histórico de Santos é um local de comércio, serviços e lazer…. muito lazer! Usá-lo como espaço para eventos foi outra grande ideia. Digna de nota e prestígio!

Há pouco mais de um mês estive lá no “Dia de Portugal“, que foi incrível. Agora foi a vez de um grande festival de cinco dias para celebrar sua principal celebridade: O CAFÉ!!!!!!

Shows, arte, cultura, comida, bebida! Tudo que uma grande festa tem que ter.

Consegui acompanhar parte do evento. Foram 83 atividades ao todo e tive que selecionar para dar conta de tanta programação!

No domingo vi uma banda de charleston deliciosa , um solo de violino lindíssimo e o show da banda “O Bando“, tendo no vocal Murilo Lima, santista ex-Capital Inicial. Rock da melhor qualidade. Amei do começo ao fim!!

“O Bando”

Também no domingo teve samba. Não é meu estilo favorito, mas entendo que a festa tem que agradar a todos. Portanto, nada contra! Porém achei um pouco demais colocar um conjunto e uma escola de samba ao mesmo tempo em locais próximos. Estava ensurdecedor. No próximo ano a organização deve prestar atenção nesse detalhe!

No último dia (terça-feira) fui para ver Elvis Cover: sofrível. Infelizmente o sósia não chegava nem as costeletas do original. Nem em aparência e, muito menos, na voz! Abafa!!!

Em compensação teve Legião Urbana Cover…. Fantástico!!! Depois do pseudo-Elvis, realmente acredito que ele morreu, mas esse Legião me fez reconsiderar a passagem de Renato Russo!!! O vocalista é idêntico: voz, timbre, entonação, vibe… tudo. Adorei!!!!!!

Mas, como tudo na vida tem compensação, o fiasco do Elvis fez eu e amigas andarmos pelo evento para esperar o próximo show e, além de encontrarmos dezenas de conhecidos, fomos parar num lugar espetacular. Daqueles escondidos que a gente só encontra fuçando. Chama-se “Armazém 22 Valongo“. Um misto de barber shop, pub, bistrô, brechó, antiquário…. Tem jeitão de casa da avó com sua peças vintage de extremo bom gosto. Seus donos, Ortega e William, portugueses radicados no Brasil há 07 anos sabem receber seus clientes. Música de ótimo gosto, comidinhas deliciosas, cerveja gelada, preços justos e uma simpatia de comerciante português. Considerei um bônus à altura do local e do evento!

Enfim, Santos soube fazer o festival. Celebrou o café com competência!

Agora, no final do mês de Julho/2019, o Centro Histórico estará recebendo o Santos Jazz Festival !!!!!!!!!! Precisa perguntar se eu vou????????????Já estou lá!!!!!