A nomenclatura “Experiência” que a administração da Bodega Bouza da à visita completa é mais do que justa. Conheci seu vinhedo, sua cave, a coleção pessoal de carros antigos da família proprietária, o hostess enólogo Pedro (legítimo gaúcho… simpático, bem informado e extremamente engraçado!), o almoço espetacular e os vinhos… inacreditáveis!

A bodega é lindíssima. Sofisticada e bucólica ao mesmo tempo. Fica muito próxima à Montevideo .

Tive sorte de ir num dia de chuva. Parece estranho falar isso, mas a chuva deu um charme extra ao passeio. Entre as vinhas brotando e os visitantes barulhentos, os gansos com filhotes tomavam banho nas poças como se nada estivesse acontecendo… Um show!

Pedro nos deu uma aula sobre a história da Bodega Bouza e sobre vinhos. Ele sabe muito!!

Curiosidade: quando deixamos uva na geladeira e ela fica com aquele gosto estranho, falamos que está “estragando”. Na verdade, essa uva já está fermentando e liberando seu álcool. Portanto, já está virando vinho dentro da nossa geladeira!!!!!!!  De agora em diante só como uva velha rsrsrs

Grande dica do Pedro!!!!!!!

O almoço foi muito mais que uma experiência… foi uma viagem à outra dimensão: fois gras, amêndoas, carpaccio de filé mignon, merluza negra, cordeiro, bavarois de maracujá com hortelã…. Tudo regado a muito vinho. Harmonização perfeita com os exclusivos rótulos da bodega! Encerrou com um destilado também produzido lá e um café espresso encorpado, porque ninguém é de ferro!

Para mim a experiência foi além. Na van que me pegou na porta do hotel, conheci um grupo de brasileiros animadíssimos. Foi divertido demais. São Paulo e Rio de Janeiro invadindo a cave… rimos muito! Depois, na empolgação, paramos no centro de Montevideo no tradicional Bar Facal. Chopps e churros……. Festa até cansar!

Acho que foi a Segunda-Feira mais divertida da minha vida!!!!! Um brinde à Bodega Bouza.