1_ O governo uruguaio prorrogou até 2020 o desconto no IVA. Entre outros benefícios, pagamentos de contas de restaurantes com cartão de crédito têm um desconto de 20%. Mesmo com a propina (gorjeta) de 10% e o IOF de 6%, ainda vale a pena. Portanto, nunca esqueça sua “tarjeta de credito”!

2_ Ao chegar ao aeroporto Carrasco, faça a substituição do seu chip de celular no próprio aeroporto. Use o serviço da Antel, operadora local. Chip mais a recarga suficiente para usar muito durante uma semana fica R$35,00. As atendentes fazem todo processo, inclusive a troca do chip no aparelho e a recarga. Atendimento VIP!

3_ O Uruguai tem WI Fi até na praia. Tecnologicamente, achei um país extremamente desenvolvido. Aliás, é desenvolvido em tudo! Mas, mesmo assim, garanta seu chip. O custo é baixo e funciona em qualquer lugar.

4_ Ao chegar pode usar o táxi do aeroporto sem medo. O governo uruguaio tem uma política que empresas e serviços não podem praticar preços diferentes de acordo com o local de atuação. Portanto o táxi do aeroporto é o mesmo valor do usado na cidade. Usei a empresa oficial. Tive 50% de desconto no trajeto de volta!

5_ O combustível no Uruguai é um dos mais caros da América Latina, assim como a luz elétrica. Montevideo não tem metrô e usar só uber e táxi pode encarecer a viagem. Mas tem ônibus eficientes e bem sinalizados. Usei e aprovei. Recorri ao uber em algumas situações devido ao frio intenso. Mas também usei o ônibus e foi muito fácil. Valor da passagem $27 pesos uruguaios, equivalente  a R$3,00.

6_ Fui de Montevideo à Punta del Este de ônibus também. Passagem R$35,00. Foram 2:30hs. O ônibus vai parando pelo caminho. Parece chato, mas o trajeto é bonito e acabei conhecendo muitas cidades pequenas por onde passei e tive uma convivência somente com uruguaios. Consegui até uma “periodista” amiga de viagem que me explicou tudo sobre a política no Uruguai. Em Outubro haverá eleições por lá! Foi muito interessante.

7_ O terminal de ônibus Tres Cruces  em Montevideo e o Central de Punta del Este são de fácil acesso e não oferecem risco algum. Tudo muito seguro e bem sinalizado!

8_ Embora o nosso Real seja bem valorizado em relação ao Peso Uruguaio, o país é totalmente dolarizado. O orçamento para gastos obrigatórios como alimentação e transporte tem que ser muito bem planejado. Passeios são bem caros mas valem a pena. Compras de vinhos, roupas, presentes, etc  deixe para o final… se ainda tiver verba!!!!!!!!

9_ Não deixe de visitar pelo menos uma vinícola. Mesmo para quem não é tão enófilo como eu, as bodegas uruguaias são espetaculares. Lá são chamadas de “bodega boutique”. Ótima descrição. Requinte nível máximo!

10_ Não se preocupe com a comunicação. O espanhol uruguaio é fácil de entender e o povo, muito hospitaleiro, faz questão de nos entender. Aliás, não hesite em pedir informações. Eles adoram falar do país. Um patriotismo lindo!!!!!!

11_ Me hospedei no Mercure Punta Carretas. Ótima localização (na orla do Rio de la Plata, meu treino de corrida foi show!); serviços e limpeza fantásticos: equipe simpática e prestativa; diárias com valor equivalente à metade das praticadas no Brasil nos hotéis da mesma rede!!!!!!!

E, para fechar com chave de ouro, el mejor desayuno de mi vida!!!!!!!!!!!! Que huegos… inolvidable!